Uso de Drones e Robôs em Energia Solar

Data: 13/11/2017

Os avanços e inovações tecnológicas não param de ocorrer e a civilização vai gradativamente absorvendo as novas tecnologias e as ferramentas modernas que hoje se encontram à nossa disposição.

Para exemplificar esses avanços, estamos apresentando a seguir, um gigantesco Projeto de Energia Solar, utilizando áreas inóspitas e não aproveitáveis praticamente, para colocação de painéis fotovoltaicos formando uma grande Central de Energia Solar.

Tal empreendimento é um projeto da GE no Oriente Médio (proximidade de Dubai), que permite alimentar com energia limpa e renovável, de forma única e completa, uma cidade com população da ordem de 250 mil habitantes.

Não bastasse o uso da Energia Solar do futuro (ou já do presente !) o projeto é desenvolvido em plena região desértica, que experimenta temperaturas de cerca de 120 graus centígrados, e que contempla ainda o uso de drones e robôs como elementos básicos para a Operação e Manutenção do Sistema.

O Parque de Energia Solar referido foi implantado no deserto e o custo da energia gerada pelo sistema é mais barato do que qualquer outra energia existente no país,  alcançando um custo inferior a 3.00 US$ por KWh.

Vale a pena conferir no vídeo a seguir apresentado (anexo), para a devida atualização tecnológica do mundo moderno.

A corrida para fontes limpas e renováveis como a Energia Solar, toma força com a reunião da COP 23 que ora se realiza em Bonn, na Alemanha, que cobra dos países providências para substituição de energias não renováveis e poluentes majoritárias em todo o planeta. Nessa Reunião, estão sendo tratados os assuntos referentes a implementação do Acordo de Paris, assinado por cerca de 200 países, com relação às providências acordadas por tais países para limitar o aumento da temperatura global do planeta. No evento estão sendo esperadas cerca de 20.000 pessoas.

No Brasil, com a alta das tarifas de Energia Elétrica e com a situação econômica delicada, a tendência é o aumento das despesas de energia para todos aqueles que dela dependem para os seus negócios.

O avanço constante da tecnologia na área de Energia Solar tem concorrido para significativas diminuições dos custos desses sistemas, o que vem viabilizando melhor retorno dos investimentos na implantação da Energia Solar e hoje, por exemplo, já nos é garantido um retorno de cerca de 3 anos e os preços continuam a cair para as instalações fotovoltaicas.

A SCM Engenharia não podendo ignorar esse aperfeiçoamento e essa grande oportunidade para os detentores de outorgas de serviços de telecomunicações e de radiodifusão e coloca-se à disposição para a devida orientação e indicação de medidas inteligentes que poderão ser adotados aos seus Clientes, não só na parte técnica, como também na linha de financiamentos hoje disponíveis e incentivadoras na adoção de energias limpas e renováveis, levando em consideração o avanço desse Setor com as ações de incentivo à Geração Distribuída, devidamente regulamentada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) órgão máximo desse segmento em nosso país, como a ANATEL para o Setor de Telecomunicações.

 

Compartilhe:

Roberto Aroso Cardoso
Roberto Aroso Cardoso
• Engº do Conselho Consultor da SCM Engenharia Ltda. • Presidente do Conselho Consultivo da Associação Brasileira de Telecomunicações - ABTELECOM • Membro do Conselho de Tecnologia e Inovação da FIRJAN (Federação das Indústrias do Estado do RJ • Vice-Presidente do Sindicato das Indústrias de Eletrônica, Telecomunicações, Produção de Software, Hardware, TIC's, Componentes e Produtos Eletro-Eletrônicos do Estado do RJ